Exclusivo

Domingos Névoa volta a exigir 239 milhões à Câmara de Lisboa

Domingos Névoa volta a exigir 239 milhões à Câmara de Lisboa

Gestor da Bragaparques recorreu da decisão judicial e afirma que não abdica da indemnização a quem tem direito de negócio feito em 1999.

O grupo Bragaparques recorreu ao Supremo Tribunal Administrativo da decisão do Central Administrativo do Sul, que tinha anulado uma sentença que obrigava a Câmara de Lisboa a indemnizá-lo em 239 milhões de euros por causa dos negócios dos terrenos do Parque Mayer. A Câmara anunciou, no dia 11, que o tribunal tinha anulado a indemnização e que não haveria direito a recurso.

A Bragaparques desde logo desmentiu e agora o empresário Domingos Névoa disse, ao JN, que a empresa "não vai desistir de ser ressarcida", já que "foi o Município que alterou e anulou os negócios que livremente celebrou com a empresa há mais de 20 anos. Nós investimos e a Câmara desrespeitou compromissos", disse.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG