Investigação

Dono de stand de Gaia agrediu e roubou carro por vingança

Dono de stand de Gaia agrediu e roubou carro por vingança

Negócio falhado motivou ataque violento. GNR localizou viatura roubada um ano e meio depois, escondida no interior de um armazém.

No início de 2019, o dono de um stand de Vila Nova de Gaia agrediu violentamente um homem por este não lhe ter entregado um jipe, pelo qual já tinha pagado dois mil euros. Na mesma ocasião, também roubou um outro automóvel que o devedor conduzia. Esse carro, com um valor muito superior a dois mil euros, só agora foi recuperado pelo Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da GNR de Penafiel, o que permitiu que o empresário fosse constituído arguido.

O negócio foi combinado há ano e meio entre os dois homens. O dono do stand gaiense (que entretanto encerrou portas) ficava com o jipe do desempregado de Penafiel e, para garantir que não havia arrependimentos, deu dois mil euros ao proprietário da viatura. Só que este nunca entregou o jipe, nem devolveu o dinheiro recebido.

Furioso, o empresário pediu ajuda a dois amigos e foi no encalço do indivíduo que lhe devia um jipe ou dois mil euros. Encontrou-o junto ao Estádio Municipal 25 de Abril, em Penafiel, e agrediu-o violentamente. Não satisfeito, e com o auxílio de dois amigos, todos entre os 39 e 48 anos, também roubaram o Seat Ibiza propriedade do desempregado e que este conduzia quando foi abordado.

Após sair do hospital, a vítima denunciou o caso na GNR de Penafiel que, depois, confrontou o dono do stand com a acusação. Este negou as agressões e o roubo da viatura que, na altura, não chegou a ser localizada.

Só agora, cerca de um ano e meio depois, é que a investigação do NIC permitiu detetar a Seat Ibiza no interior de um armazém, em Vila Nova de Gaia, propriedade do empresário. Por este motivo, o dono do stand e os amigos suspeitos de terem participado na agressão foram constituídos arguidos. Já o automóvel será devolvido ao proprietário.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG