Polícia

Relvas gostava de acreditar que acusação "não é verdade"

Relvas gostava de acreditar que acusação "não é verdade"

O ministro dos Assuntos Parlamentares reagiu esta quinta-feira com prudência à notícia da acusação do ex-deputado do PSD Duarte Lima pela morte da portuguesa Rosalina Ribeiro, no Brasil, dizendo que gostaria de "acreditar que não é verdade".

"Gostaria de continuar a acreditar que não é verdade", afirmou Miguel Relvas em entrevista à TVI, quando confrontado com a notícia sobre a acusação ao antigo líder parlamentar social-democrata.

O Ministério Público brasileiro acusou esta quinta-feira o advogado e ex-deputado Duarte Lima pela morte da portuguesa Rosalina Ribeiro e pediu a sua prisão preventiva.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG