Justiça

Caixa denuncia dinheiro suspeito de José Sócrates

Caixa denuncia dinheiro suspeito de José Sócrates

Exclusivo na edição em papel do JN: Foi o banco do Estado, a Caixa Geral de Depósitos, quem deu o pontapé de saída para a investigação que resultou na primeira detenção em Portugal de um ex-primeiro-ministro. Recebeu meio milhão da mãe.

Foram várias transferências fracionadas de Adelaide Carvalho Monteiro para uma conta do filho, num período em que este se mantinha em Paris, a estudar Filosofia, que despertaram alarmes nos funcionários do banco público.

Leia mais na edição e-paper ou na edição impressa.

Outras Notícias