O Jogo ao Vivo

Operação

Droga apreendida pela PSP do Porto valia dois milhões de euros

Droga apreendida pela PSP do Porto valia dois milhões de euros

Os cerca de 30 quilos de droga (heroína, cocaína, liamba e haxixe) apreendidos, esta quinta-feira, em Matosinhos, valeriam, caso chegassem aos consumidores, cerca de dois milhões de euros. Tratou-se de uma das maiores apreensões de sempre da PSP na zona do Porto e os investigadores foram surpreendidos pela existência de um laboratório, na Senhora da Hora, onde a droga era preparada.

A atividade da rede começou a ser investigada pela DIC (Divisão de Investigação Criminal) da PSP do Porto há cerca de três meses e os polícias tinham como certo que a droga tinha como destino alguns bairros sociais do Porto, em particular os da Pasteleira Nova e de Pinheiro Torres.

Mas quando, na quinta-feira, às 14 horas, os cerca de 50 agentes avançaram para o cumprimento de oito mandados de busca domiciliárias e não domiciliária, estavam longe de imaginar o que iriam encontrar numa casa na Senhora da Hora, em Matosinhos, onde se encontravam três homens, de 29 e 32 anos, que foram detidos.

"Deparamo-nos com um laboratório onde a droga era confecionada e dividida em doses individuais, que depois seriam vendidas nos bairros. E fomos surpreendidos pela quantidade de drogas duras (heroína e cocaína) que encontramos, bem como pela prensa hidráulica de grande dimensões. Servia quer para acondicionar os pacotes de droga, quer para retirar a humidade da heroína", afirmou o comissário Sousa Pereira, da DIC.

Foram ainda efetuadas buscas em residências nos bairros da Pasteleira Nova e Nuno Pinheiro Torres, no Porto.

No total a Polícia apreendeu 21,3 quilos de heroína, 6,2 de cocaína, 2,8 de haxixe, um de liamba, 19 quilos de produtos de corte, 138 mil euros em dinheiro (incluindo 15 mil em moedas), uma soqueira, uma caneta-pistola, diversas munições, quatro carros e uma moto.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG