Oliveira de Azeméis

Duas jovens desaparecidas do Lar Pinto de Carvalho

Duas jovens desaparecidas do Lar Pinto de Carvalho

Duas jovens de 13 e 14 anos estão desaparecidas, desde sábado, do Lar Pinto de Carvalho, em Oliveira de Azeméis, onde estavam institucionalizadas por ordem do tribunal.

A ausência das duas jovens terá sido detetada pelas 17 horas de sábado. De acordo com uma funcionária da instituição, ao JN, o desaparecimento foi de imediato comunicado aos pais e às autoridades competentes, GNR e PSP.

"A instituição não funciona em regime fechado pelo que de quando em vez, muito raramente, há alguns jovens que saem", explicou a funcionária que não quis identificar-se.

"Todos os procedimentos foram tomados e aguardamos agora por informações das autoridades" adiantou a mesma fonte, lembrando que, "geralmente", "regressam ao fim de dois ou três dias".

As jovens desaparecidas são naturais de São João da Madeira e Cucujães, Oliveira de Azeméis. A família da jovem desde último concelho lamentou, através de uma amiga, o facto de não haver qualquer informação dos responsáveis daquela instituição.

"Só as empregadas da cantina e da limpeza é que estão disponíveis para dar informações". "Não há mais ninguém superior hierárquico para nos dar explicações", lamentou a amiga do casal.

A diretora técnica, Susana Nunes, em contacto com o JN, fez saber que, "a direção está a par da situação" e que está "contactável 24 horas".

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG