Premium

Duplo homicida diz não se lembrar de matar ex-mulher

Duplo homicida diz não se lembrar de matar ex-mulher

Joaquim Almeida confessou que disparou contra novo namorado da antiga companheira, em Amarante. Alega ter sido provocado com gesto obsceno.

Joaquim Almeida, o homem de 49 anos que em maio do ano passado matou a tiro de caçadeira a ex-companheira e o namorado desta, em Amarante, confessou ontem, no Tribunal de Penafiel, que disparou contra o novo namorado da mãe do seu filho. Contudo, afirmou não se lembrar de ter disparado contra a mulher, de 38 anos.

Aos juízes, o dono de uma oficina de pneus em Longra, Felgueiras, relatou que Sónia Leite, mãe do seu filho de quatro anos, começou a afastá-lo da criança, "sem explicação" e sem conversar nem terminar a relação de há nove anos.

Outras Notícias