Justiça

Educadoras acusadas de maltratar bebés

Educadoras acusadas de maltratar bebés

Sete funcionárias de uma creche do Porto foram acusadas pelo Ministério Público (MP) de 33 crimes de maus-tratos contra todos os bebés, com idades entre três meses e três anos, acolhidos no estabelecimento no ano letivo 2012/2013.

Há relatos de crianças presas com cintos de segurança, de castigos num "quarto escuro", de palmadas na testa ou no rabo, de sapatadas, de ameaças e insultos. Um aluno que dizia palavrões levou o tratamento da "pimenta na língua", acusa ainda o MP.

Todas estas acusações são categoricamente negadas pelas funcionárias, com idades entre 21 e 68 anos, que começarão a ser julgadas em breve no Tribunal de S. João Novo.

Leia mais na versão e-paper ou na edição impressa.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG