O Jogo ao Vivo

Beja

Em dois dias, GNR deteve dois suspeitos de violência doméstica em Alvito

Em dois dias, GNR deteve dois suspeitos de violência doméstica em Alvito

Em dois dias, a GNR deteve em Alvito, distrito de Beja, uma mulher e um homem por violência doméstica perpetrada contra os companheiros. O Tribunal de Cuba aplicou a ambos a mesma medida de coação, controlo por pulseira eletrónica.

Na passada quarta-feira, no recurso de uma ação de patrulhamento, os militares do Posto Territorial de Alvito foram alertados de que a agressora, uma mulher de 30 anos, se deslocava para a residência da vítima, o seu companheiro de 49 anos, o qual não pretendia qualquer contacto com a suspeita. A GNR deslocou-se ao local, onde presenciaram a mulher a agredir o homem, motivo que levou à sua detenção em flagrante delito.

No dia seguinte, quinta-feira, através do Núcleo de Investigação e de Apoio a Vítimas Especificas (NIAVE) de Beja, a Guarda deteve um homem de 55 anos, suspeito da prática do mesmo crime. No âmbito de uma investigação por violência doméstica, foi possível apurar que o suspeito agredia fisicamente e ameaçava a sua companheira de 37 anos, estando o casal em processo de divórcio. Na sequência das diligências efetuadas, foi dado cumprimento a um mandado de detenção fora de flagrante delito pelos casos de violência reiterada contra a mulher.

Os dois detidos foram presentes no último dia do mês de março a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Cuba, tendo a ambos sido aplicada a medida de coação de afastamento da residência, proibição de contacto com a vítima, com controlo por pulseira eletrónica.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG