Exclusivo

Empresário português detido por produzir "lanchas voadoras" para rede galega

Empresário português detido por produzir "lanchas voadoras" para rede galega

Um empresário do Alto Minho, de 39 anos, foi detido pela Polícia Judiciária, esta semana, por deter duas empresas que, alegadamente, produziam lanchas rápidas para uma organização espanhola que se dedicava ao tráfico de droga, sobretudo haxixe. A investigação decorria há 15 meses e levou à apreensão de 21 lanchas em Portugal e 19 em Espanha. Neste país, a Guarda Civil de Pontevedra deteve 72 suspeitos.

Alguns dos detidos em Espanha são empresários que, após a proibição das "lanchas voadoras" neste país, em 2018, assumiram a propriedade de empresas em Portugal para continuar a produzir as embarcações, informou ontem o coordenador da investigação ao tráfico na Diretoria do Norte da PJ, Avelino Lima.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG