Judiciária

Empresário viciava e traficava carros furtados

Empresário viciava e traficava carros furtados

A Polícia Judiciária, através da diretoria do Norte, deteve um empresário do ramo automóvel, de 55 anos, suspeito da prática de crimes relacionados com o tráfico ilícito de viaturas.

Em comunicado, a PJ refere que os automóveis, provenientes de furtos praticados em Portugal, "eram levados para armazéns, onde eram submetidos a alterações físicas e documentais, através de processos de falsificação, passando a circular com números de chassis e chapas de fabricante falsas ou inexistentes".

Depois de alteradas, as viaturas eram comercializadas, "por preços abaixo do verdadeiro valor comercial, por compradores de boa-fé nacionais".

A PJ acrescenta ainda que "outros veículos eram transportados para países africanos, através da Bélgica".

No decurso da investigação, a polícia apreendeu telemóveis e dispositivos de memória de dados relacionados com a atividade ilícita.

O suspeito, que a PJ refere ser o "responsável pelo esquema fraudulento", foi detido fora de flagrante delito pela presumível autoria de crimes de recetação, falsificação de documentos e associação criminosa.

O empresário, já com antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crimes, vai agora ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.