Exclusivo

Empresas falsificam análises à covid para camionistas entrarem na Alemanha

Empresas falsificam análises à covid para camionistas entrarem na Alemanha

Várias empresas do setor dos transportes forneceram falsos certificados de testes à covid-19 aos seus motoristas, para contornar as restrições de circulação impostas aos profissionais deste setor pela Alemanha.

O Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias (SIMM) confirma a fraude, tal como condutores ouvidos pelo JN. O Governo, por seu turno, fez diligências diplomáticas para que a Alemanha levante as restrições e conseguiu. A partir de amanhã pessoas e bens poderão circular livremente.

O esquema começou a partir do dia 27 de janeiro, depois de o Governo de Angela Merkel ter decretado a obrigatoriedade de os motoristas apresentarem um certificado, em papel ou digital, atestando a realização de um teste PCR, com resultado negativo e efetuado, no máximo, 48 horas antes da entrada na Alemanha. As transportadoras também passaram a ter de fazer o registo online dos motoristas que iriam transitar naquele país.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG