PJ

Envenena marido idoso para ficar com o dinheiro

Envenena marido idoso para ficar com o dinheiro

Polícia Judiciária deteve uma mulher, de 60 anos, suspeita de ter envenenado o marido, de 78, com quem vivia junto havia apenas um ano. Depois do homicídio fugiu e mudou de identidade, mas foi capturada e já está em prisão preventiva.

De acordo com um comunicado da PJ, os factos ocorreram em julho de 2018 no interior da residência em que ambos coabitavam, em união de facto, na cidade de Lisboa.

"O casal vivia junto desde o ano anterior, tendo a presumível autora decidido e planeado antecipadamente a morte da vítima, administrando-lhe, para tanto, uma substância medicamentosa nos alimentos, em quantidades tóxicas e letais", precisa a PJ.

A mulher subtraiu elevadas quantias monetárias que pertenciam à vítima, tendo abandonado o local, para parte incerta, após a sua morte.

A PJ realizou múltiplas diligências tendentes à localização e detenção da suspeita, a qual, atualmente, utilizava outra identidade e tinha procedido a uma completa alteração visual, de modo a não ser reconhecida.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG