Serviços Prisionais

Equipamento de proteção contra Covid-19 vai chegar às prisões

Equipamento de proteção contra Covid-19 vai chegar às prisões

O diretor-geral da Reinserção e dos Serviços Prisionais, Rómulo Mateus, revelou que deverá chegar em breve às prisões equipamento de proteção pessoal para fazer face à pandemia de Covid-19.

Reconhecendo as dificuldades do momento, em missiva enviada a todos os funcionários, Rómulo Mateus destacou que a Direção-Geral "muito cedo aprontou o seu Plano de Contingência", mas que "a aquisição logo ordenada do equipamento de proteção individual" encontrou "dificuldades" por "condicionantes do mercado". "Mas muito em breve teremos acesso a esse material".

Rómulo Mateus destacou que foi incentivado o teletrabalho: "Admitimos um regime de trabalho muito similar ao dos serviços mínimos e estamos a fechar ou a restringir seriamente o trabalho não essencial. Preocupa-me proteger todos quantos fazem desta casa o que ela é, mas também aqueles que, de fora, nos procuram".

"Preocupo-me em particular com aqueles que na primeira linha de contacto com a população reclusa, jovens internados e cidadãos vigiados eletronicamente, vão continuar a desempenhar a sua complexa e difícil tarefa. Conheço pessoalmente muito de vós e as dificuldades que enfrentais. Tudo estamos a fazer para vos dotar do equipamento de proteção individual, como já disse e o que dispomos está a ser distribuído equitativamente", disse.

Dirigindo-se ao Corpo da Guarda Prisional, "que executa uma das mais exigentes tarefas do Estado, colaboradores civis e dirigentes dos estabelecimentos prisionais", o responsável reconheceu que terá, neste período, "uma das tarefas mais difíceis". "Mas deixo aqui a minha certeza de que todos dirão presente! E que o dever será cumprido", rematou.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG