Nos últimos 11 meses, 28 mulheres foram assassinadas em Portugal. Liliana Rodrigues, presidente da União de Mulheres Alternativa e Resposta (UMAR) é a convidada do "Alegações finais" desta semana e comenta os valores apurados pela associação.

Alegações

Presidente da UMAR considera preocupante o número de mulheres assassinadas

Presidente da UMAR considera preocupante o número de mulheres assassinadas

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG