Exclusivo

Estado condenado a indemnizar pediatra brasileiro ao fim de 25 anos

Estado condenado a indemnizar pediatra brasileiro ao fim de 25 anos

A guerra dura há 25 anos e o Tribunal Administrativo de Braga acaba de condenar a Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-Norte) a indemnizar o médico brasileiro José Barros de Brito, ilegalmente demitido das funções que exercia no antigo Hospital de São Marcos, naquela cidade.

A indemnização, que deve ascender a centenas de milhares de euros, será quantificada em execução da sentença. Ao JN, Barros de Brito não disse quanto vai pedir, mas, em ocasiões anteriores, afirmara ter direito a 500 mil euros.

Ao longo dos últimos 25 anos, os tribunais trataram de diversos diferendos judiciais, nos quais Barros de Brito diz ter conseguido nove decisões favoráveis.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG