Reinserção

Estado financia casas para jovens delinquentes

Estado financia casas para jovens delinquentes

Misericórdia de Lisboa e Governo dos Açores ajudam a criar primeiras "casas de autonomia", entre o internamento e a libertação.

O objetivo de criar uma rede nacional de casas de autonomia, para acolher jovens delinquentes num período de transição entre o seu internamento em centros educativos e a restituição à liberdade, vai começar a concretizar-se em Lisboa e nos Açores. "É uma medida muito importante", avalia a secretária de Estado Adjunta e da Justiça, Helena Mesquita Ribeiro, sobre o futuro papel das casas na reintegração dos que cometeram crimes e não foram para a cadeia, por serem menores de 16 anos, mas foram reclusos num centro educativo.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG