Exclusivo

Ex-advogada julgada por burla de meio milhão em processo de herança

Ex-advogada julgada por burla de meio milhão em processo de herança

Jurista de Barcelos apropriou-se de verba que tinha sido depositada em nome dos dois clientes e vai ser julgada em novo processo pelo Tribunal de Braga.

A ex-advogada Ema Magalhães dos Santos, de Barcelos, vai ser julgada por se ter apropriado, presumivelmente, de 500 mil euros, no quadro de um processo de herança de bens que envolvia cinco irmãos, por falecimento dos respetivos pais. A arguida vai responder, no Tribunal de Braga, por burla qualificada, um tipo de crime pelo qual já tem antecedentes.

A acusação do Ministério Público (MP) relata que a antiga jurista, de 50 anos, que tinha escritório no Largo da Porta Nova, em Barcelos, interveio, em dezembro de 2008, num processo de partilha extrajudicial entre vários irmãos, de apelido Ribeiro. Negociava em nome de dois deles, José e Manuel Ribeiro, e com outros três, António, João e Joaquim.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG