Justiça

Ex-autarca de Caminha julgada por abuso de poder

Ex-autarca de Caminha julgada por abuso de poder

A ex-autarca de Caminha, Júlia Paula Costa (PSD), vai ser julgada, juntamente com dois funcionários da Câmara, por crimes de prevaricação em concurso e aparente de abuso de poder.

O juiz de Instrução Criminal de Viana do Castelo proferiu esta quinta-feira a decisão de remeter o caso para julgamento, por entender existirem fortes indícios de que houve "viciação" de dois concursos para a admissão de técnicos superiores levados a cabo em 2010 para os departamentos de Comunicação e Sócio-Cultural da autarquia.

"A prova testemunhal é clarinha e a pericial tem um valor muito forte", declarou o magistrado. Durante a instrução, Júlia Paula Costa declarou que "não teve qualquer intervenção na abertura, tramitação e preenchimento das vagas".

"Não me considero responsável por nenhuma das acusações e os procedimentos foram todos tomados de acordo com a lei", afirmou.

Outras Notícias