Premium

Ex-delegado da Liga Nuno Cabral investigado por falsas declarações

Ex-delegado da Liga Nuno Cabral investigado por falsas declarações

O antigo delegado da Liga e ex-árbitro de terceira categoria Nuno Cabral, ouvido como testemunha no caso dos e-mails do Benfica, vai ser investigado por falsas declarações.

Foi o Ministério Público (MP), que acusou recentemente Francisco J. Marques, diretor de comunicação do F.C. Porto, Júlio Magalhães, diretor do Porto Canal, e Diogo Faria, um colaborador, de crime de violação de correspondência e acesso indevido, que mandou extrair uma certidão contra Nuno Cabral.

Em causa estão as declarações que prestou, enquanto testemunha, na investigação sobre a divulgação dos e-mails. Nuno Cabral declarou, perante o MP, que as comunicações eletrónicas lidas no programa "Universo Porto - da Bancada" por parte de Marques não eram suas.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG