O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Ex-deputada julgada por votar por colega nega acusação

Ex-deputada julgada por votar por colega nega acusação

Maria das Mercês Borges, do PSD, terá, segundo o Ministério Público, registado a presença de Barreiras Duarte, então ausente, no debate do Orçamento do Estado para 2019

A ex-deputada social-democrata Maria das Mercês Borges, acusada de falsidade informática agravada e abuso de poderes por ter, alegadamente, votado a proposta do Orçamento do Estado para 2019 por si e por outro parlamentar do PSD, Feliciano Barreiras Duarte, negou esta segunda-feira, na primeira sessão do julgamento, ter registado a presença do colega no plenário para esconder a ausência deste.

"Nunca partilhei a minha password com ninguém, nem nunca ninguém me deu a sua, porque eu sou à moda antiga: trabalho com papéis", afirmou, no Tribunal Local Criminal de Lisboa, a arguida, de 64 anos. O registo de presença é feito informaticamente, usando credenciais consideradas pessoais e intransmissíveis.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG