PSP

Explode número de detenções por falta de carta de condução

Explode número de detenções por falta de carta de condução

A PSP tem vindo a registar um aumento acentuado no número de detenções de condutores por falta habilitação legal. Este ano, foram contabilizados mais 62% de automobilistas ilegais, em comparação com o ano anterior.

"Se no ano de 2019, de 1 de janeiro até 30 de novembro, a PSP registou 3438 detenções por condução sem habilitação legal, no ano de 2020, no período homólogo, já foram concretizadas 5481 detenções por este motivo", adiantou ao JN fonte da PSP. A tendência de aumento acentuou-se após o período de confinamento obrigatório imposto pelo estado de emergência. "Se restringirmos a análise a este semestre, o aumento de detenções atinge os 128%", diz a mesma fonte.

No lote dos detidos foram detetados 146 menores.

PUB

"A PSP atribui esta variação à proatividade policial, porquanto têm sido incrementados os contactos diretos com o cidadão e o número de operações de fiscalização rodoviária, também por força da imperatividade de fiscalização das regras vigentes, consequência da crise pandémica", adiantou a fonte.

A média de detenções, nos onze meses em análise representa 16 condutores detetados todos os dias sem habilitação legal e a esmagadora maioria (71%) guiava automóveis ligeiros e 27,5% conduziam ciclomotores ou motociclos.

"A média de idades dos condutores não habilitados é de 32 anos, por isso podemos concluir que o aumento do número de detenções não se deve à caducidade dos títulos de condução face à antecipação da idade de renovação das cartas de condução dos 65 anos para os 50 anos", explicou ainda a PSP.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG