O Jogo ao Vivo

Detenção de hacker

F. C. Porto garante que não pagou pelo acesso a e-mails do Benfica

F. C. Porto garante que não pagou pelo acesso a e-mails do Benfica

O F. C. Porto considerou, esta quinta-feira, que há queira associar o nome do clube e da SAD à detenção de Rui Pinto, hacker que obteve os emails do Benfica, mas a instituição refuta essa ligação e garante que não pagou pelos documentos.

"O nosso Diretor de Informação e Comunicação teve conhecimento de um volumoso conjunto de e-mails, alguns importantes na sua substância por indiciarem práticas irregulares e eventualmente criminosas no plano da verdade desportiva no futebol profissional", começa por afirmar o texto, onde, a seguir se refere, que "alguns desses e-mails" foram divulgados pelo Porto Canal, "ponderados todos os prós e contras face à delicadeza da matéria de fundo que apontava para eventuais práticas de tráfico de influência e corrupção".

Segundo o clube, todo esse acervo de e-mails chegou a Francisco J. Marques "sem qualquer contrapartida financeira ou outra" e foi entregue à Polícia Judiciária, "em simultâneo com o processo de denúncia pública".

"Assim, a expetativa do FC Porto é uma só: a de que seja feita justiça nos processos em curso envolvendo atentados à verdade desportiva, sendo que alguns deles estão já com acusações deduzidas", conclui o clube.

Outras Notícias