Justiça

Famílias vão recorrer da absolvição no caso das mortes de universitários no Meco

Famílias vão recorrer da absolvição no caso das mortes de universitários no Meco

As famílias das vítimas do Meco vão recorrer ao Tribunal da Relação da decisão do Tribunal de Setúbal em absolver o antigo "dux" João Gouveia e a Universidade Lusófona dos pedidos de indemnização no caso da morte de estudantes na praia do Meco.

O Tribunal considerou ainda improcedente o pedido feito pela Lusófona, que também foi absolvida, e por João Gouveia da condenação dos pais por litigância de má-fé.

João Gouveia foi o único sobrevivente da tragédia da praia do Meco, em 2013, onde morreram seis jovens estudantes: Catarina, Carina, Joana, Andreia, Pedro e Tiago. Os pais das vítimas pediam uma indemnização de 1.3 milhões de euros.

António Soares, pai de Catarina, afirmou-se surpreendido pela decisão do tribunal. "Houve depoimentos em tribunal que mostravam que a versão de João Gouveia era mentira, mas não serviram de nada", disse, em declarações ao JN.

O testemunho a que o pai de Catarina Soares se refere é o de Marco Bernardo, militar dos fuzileiros da Marinha e nadador salvador de profissão, que testemunhou dizendo "90% perde a consciência perante a violência de uma onda de três metros que bate na areia".

João Gouveia defendeu que quando foram apanhados por uma onda, ouviu gritos de socorro, tentou agarrar Carina dentro do mar, mas esta soltou-se. Para Marco Bernardo, foi a primeira vez que ouviu alguém dizer que uma vítima de afogamento se soltou por duas vezes.

"Uma pessoa em aflição nunca se solta, tem uma força incrível e agarra-se com todas as forças", disse o militar, acrescentando que "o mar no Meco no inverno é muito violento e durante a noite é impossível alguém ver outra pessoa dentro do mar ou ouvir pedido de socorro".

PUB

Para António Soares, "esta decisão mostra que a justiça em Portugal, para além de não ser célere, também não é justa". O pai de Catarina admite ir até às últimas instâncias.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG