Super Dragões

Fernando Madureira condenado a multa de 2600 euros

Fernando Madureira condenado a multa de 2600 euros

O Tribunal do Porto confirmou a condenação de Fernando Madureira, líder da claque dos Super Dragões, a uma coima de 2600 euros por quatro infrações cometidas entre 2018 e 2020.

"Macaco", nome pelo qual é conhecido o líder da claque do F. C. Porto, foi considerado culpado de quatro infrações punidas pela lei que regulamenta a Segurança e Combate ao Racismo, à Xenofobia e à Intolerância nos Espetáculos Desportivos.

Duas das infrações correspondem a atos de incitamento à violência, ao racismo, à xenofobia e à intolerância, uma infração foi por arremesso de objetos e uma outra pelo envergamento de vestuário que incite à violência ou intolerância nos espetáculos desportivos.

Os atos foram cometidos entre 28 de outubro de 2018 e 8 de fevereiro de 2020, no Estádio do Dragão por duas vezes, no Estádio Dom Afonso Henriques, em Guimarães, e no Estádio dos Arcos, em Vila do Conde.

"Macaco" já fora condenado em setembro de 2021 pela Autoridade de Prevenção e Combate à Violência no Desporto, mas interpôs recurso. Esta terça-feira, o Tribunal Judicial da Comarca do Porto julgou totalmente improcedente o seu recurso e manteve a condenação já proferida e a coima de 2600 euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG