O Jogo ao Vivo

SEF

Fugitivo marroquino com covid-19 detido. Há ainda cinco em fuga

Fugitivo marroquino com covid-19 detido. Há ainda cinco em fuga

As autoridades apanharam mais três dos 17 marroquinos que fugiram de um quartel onde estavam detidos, em Tavira, na madrugada de quinta-feira.

Esta sexta-feira, foi detido um dos migrantes ilegais em Espanha, onde terá chegado depois de atravessar o rio Guadiana a nado.

Outros dois foram apanhados pela GNR num acampamento de etnia cigana, em Castro Marim.

Dos 17 migrantes ilegais marroquinos que fugiram do quartel em Tavira, na madrugada de quinta-feira, foram detidos 12, estando cinco ainda em fuga.

Sete dos 17 migrantes ilegais foram apanhados pelas autoridades ainda durante a tarde de quinta-feira, revelou o SEF. Mais tarde, outros dois, elevando para nove os detidos no dia da fuga.

Segundo apurou o JN, 17 migrantes fugiram por uma janela da casa de banho do primeiro andar do Regimento de Infantaria nº 1 do Destacamento de Tavira.

Os 17 que fugiram fazem parte de um grupo de 28 cidadãos marroquinos (incluindo um menor), desembarcados na Ilha Deserta no passado dia 15 de setembro.

Destes, 24 cidadãos masculinos foram instalados no Quartel de Tavira, por falta de espaço nas instalações do SEF. As três mulheres foram instaladas na Unidade Habitacional de Santo António, no Porto. O menor foi entregue ao Tribunal de Família e Menores de Faro.

Outras Notícias