Investigação

Fugiu para o estrangeiro após roubar e violar idosa

Fugiu para o estrangeiro após roubar e violar idosa

A Polícia Judiciária revelou esta sexta-feira ter concluído uma "complexa investigação" que levou à identificação de um homem, de 43 anos, como suspeito da violação e roubo de uma idosa, crimes ocorridos há dois anos e meio, em Paços de Ferreira.

O caso aconteceu no início de julho de 2013, quando o indivíduo, encapuzado e com uma réplica de arma de fogo, entrou na residência da vítima e, além de roubar-lhe bens, violou-a. Depois, segundo a PJ, vendeu alguns dos objetos roubados num estabelecimento na cidade do Porto e fugiu para o estrangeiro, onde agora se encontra em prisão preventiva por crimes idênticos.

"Após a sua identificação e localização por esta Polícia, recorreu-se a instrumentos de cooperação internacional judiciária e policial a fim de o submeter a diligências de recolha e produção de prova que permitiram concluir pela sua responsabilidade como autor dos crimes", esclareceu a Judiciária, em comunicado.

A PJ acrescenta que o resultado da investigação já foi remetido ao Ministério Público.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG