O Jogo ao Vivo

Lisboa

Funcionário de alojamento local embebedou e abusou de hóspede

Funcionário de alojamento local embebedou e abusou de hóspede

Um homem foi acusado de abuso sexual de pessoa incapaz de resistência. Embebedou uma hóspede do Alojamento Local (AL) onde trabalhava, em Lisboa, e depois aproveitou-se dela.

Os factos ocorreram a 24 de janeiro de 2021, num alojamento local onde a vítima estava hospedada e o arguido trabalhava. O homem, que faria anos, convidou a hóspede a festejar o seu aniversário consigo e e esta acedeu.

Foram para o quarto dela com comida e bebida, designadamente uma garrafa de uísque. Beberam e comeram, mas, a certo ponto, a mulher começou a sentir-se indisposta e pediu ao arguido para se ir embora. Este não só não saiu do quarto como forçou contactos sexuais, contra a vontade a mulher.

Após investigação, o Ministério Público de Lisboa deduziu acusação contra o funcionário do alojamento local pela prática de um crime de abuso sexual de pessoa incapaz de resistência, anunciou esta segunda-feira a Procuradoria da República da Comarca de Lisboa.

No despacho final, o Ministério Público requer a recolha de ADN ao arguido, caso este venha a ser condenado por crime doloso com pena concreta de prisão igual ou superior a três anos, e ainda que seja arbitrada pelo tribunal reparação à vítima pelos prejuízos sofridos.

O inquérito foi dirigido pelo DIAP de Lisboa (2ª secção), com a coadjuvação da Polícia Judiciária.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG