Exclusivo

Futebolista engravida menor violada em grupo e filmada

Futebolista engravida menor violada em grupo e filmada

Rapariga de 12 anos foi chantageada com a ameaça de divulgação do vídeo e forçada 13 vezes a relações sexuais.

Um jogador profissional de futebol, hoje com 18 anos, foi acusado pelo Ministério Público (MP) do Porto de ter abusado de uma menina de 12 anos, que engravidou. A vítima, hoje com 15 anos, já tinha sido violada antes, por diversas vezes, entre setembro de 2018 e janeiro de 2019, por dois amigos do atleta que filmaram tudo e usaram as imagens para chantagear a menor e a obrigar a manter mais relações sexuais. Os três arguidos, amigos de infância, que tal como a vítima são de origem guineense, aguardam julgamento em liberdade, com termo de identidade e residência.

Segundo a acusação do MP, o mais velho dos três suspeitos, um empregado de mesa residente em Gaia, hoje com 23 anos, é familiar da mãe da menor e ia muitas vezes a casa dela, no Porto. Numa das ocasiões levou um amigo, um estudante morador na Maia, então com 16 anos. Na residência, aproveitando o facto de estarem sós, os dois forçaram a menor a ir para um quarto e, enquanto o mais novo via um filme pornográfico no telemóvel, ao mesmo tempo que se masturbava, o familiar arrancou a roupa da vítima e tentou violá-la.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG