Exclusivo

Gato atropelado leva polícias a investigar suposto rapto de criança

Gato atropelado leva polícias a investigar suposto rapto de criança

Do suposto rapto de criança ao atropelamento de um gato, o caminho desbravado pela GNR e PJ no Marco de Canaveses.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) e Polícia Judiciária (PJ) foram acionadas esta manhã de sexta-feira, cerca das 7.30 horas, no Marco de Canaveses, por causa de um suposto rapto de uma criança. A investigação terminaria a meio da tarde, quando as mesmas autoridades concluíram que tudo não teria passado de um equívoco, motivado pelo atropelamento de um pequeno gato.

O caso de alegado rapto, que inicialmente gerou alarme social, foi despoletado pelo relato de uma moradora no largo de Outeiro, Constance, que pouco depois de se ter levantado, jurava ter visto uma criança vestida de cor-de-rosa, com o cabelo pelos ombros e com uma mochila preta, a pedir socorro enquanto era arrastada para dentro de um carro vermelho. Este, supostamente, teria arrancado em direção a Vila Caiz, localidade do concelho vizinho de Amarante. E um outro vizinho confirmava que se tinham ouvido gritos à mesma hora.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG