Póvoa de Varzim

GNR descobre armas, munições e explosivos após desavença entre vizinhos

GNR descobre armas, munições e explosivos após desavença entre vizinhos

A GNR apreendeu na Póvoa de Varzim material para fabrico de engenhos explosivos, 236 munições e quatro armas, detendo também o proprietário, que recorreu a uma dessas armas para ameaçar de morte um vizinho.

Em comunicado, a GNR explicou que esta operação foi desencadeada "na sequência de uma denúncia de ameaças entre dois vizinhos com recurso a arma de fogo".

Os militares, explica o comunicado, vieram a apurar que o suspeito "ameaçou de morte um homem, de 40 anos, na sequência de uma desavença entre ambos".

Fonte da Guarda detalhou à agência Lusa que uma busca realizada na terça-feira a casa do suspeito, um serralheiro de 37 anos, permitiu apreender duas caçadeiras, uma carabina, uma pistola, 263 munições, uma máquina manual de carregamento de cartuchos, uma embalagem de fulminantes, três recipientes com pólvora e três peças de cordão lento para fabrico de engenhos explosivos.

A GNR não tem explicações seguras sobre a razão para o homem estar na posse de tal material, a não ser alguma obsessão por armamento, aliada ao seu passado militar.

O detido deverá ser sujeito ainda hoje a primeiro interrogatório judicial no tribunal de Matosinhos, para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG