Palmela

GNR e PSP juntam forças para deter suspeitos de furto qualificado

GNR e PSP juntam forças para deter suspeitos de furto qualificado

Uma mega operação que contou com 170 elementos da GNR e PSP desmantelou esta manhã de segunda-feira, em Palmela, uma rede criminosa composta por seis pessoas, suspeitas de se dedicarem a furtos de armazéns de vestuário, tabaco, postos de abastecimento e estabelecimentos de restauração. O material furtado era depois vendido em feiras.

Os homens, com idades entre os 26 e 44 anos eram seguidos do Núcleo de Investigação Criminal de Palmela da GNR há mais de um ano, por suspeitas da prática de cerca de 30 furtos que ocorreram nos distritos de Faro, Santarém e Setúbal.

A operação desta manhã resultou em buscas a 13 habitações e veículos, uma garagem e uma loja. De acordo com a GNR, foi possível recuperar diverso material furtado, nomeadamente vestuário, peças de decoração e brinquedos. Foram ainda apreendidas oito viaturas.

Os detidos permanecerão nas instalações da GNR até serem presentes amanhã, dia 11 de fevereiro, no Tribunal Judicial de Setúbal, para primeiro interrogatório judicial.

De acordo com a GNR, a operação contou com o reforço da estrutura de investigação criminal do Comando Territorial de Setúbal, dos Destacamentos Territoriais de Almada, Montijo e Setúbal, do Grupo de Intervenção de Ordem Pública da Unidade de Intervenção da GNR, dos Destacamentos de Intervenção de Faro, Santarém e Setúbal e ainda com a Polícia de Segurança Pública, num total de 170 efetivos.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG