O Jogo ao Vivo

Barcelos

GNR investiga uso de farda de militar em vídeo de "rapper" minhoto

GNR investiga uso de farda de militar em vídeo de "rapper" minhoto

O uso de um polo do fardamento da GNR num vídeo do rapper Duarte Novais (Saises) está a ser investigado pela Guarda Nacional Republicana, tendo o jovem, entretanto, retirado o clip da música "Às vezes perdido" de todas as plataformas digitais.

O "rapper" Saises anunciou, esta sexta-feira, terem "participado mais de 35 pessoas só para gravar o vídeo", que promove "Às Vezes Perdido", o seu segundo trabalho. "O mais épico é que a GNR participou", disse o músico, de 24 anos, natural da freguesia de Macieira de Rates, concelho de Barcelos, distrito de Braga.

Nas imagens publicadas via-se o rapper minhoto a transgredir e a ser perseguido por um alegado militar da GNR, que o detinha, encostado-o a uma parede. Face à polémica, Saises retirou o vídeo, que tinha mais de três minutos, substituindo-o, esta sexta-feira à tarde, por um resumo de 15 segundos, onde já não surgem as imagens do alegado militar, ao mesmo tempo que comunicou publicamente que "a GNR não participou, é uma simples farda de carnaval", não respondendo aos contactos.

Contactado pelo JN, o Comando-Geral da GNR desmentiu o evolvimento na realização do vídeo. "À GNR não foi solicitado qualquer tipo de autorização para ser utilizada a sua imagem, ou peças de uniforme, no videoclipe em apreço, pelo que o Comando da Guarda irá analisar juridicamente esta questão, procedendo em conformidade", disse porta-voz da GNR, tenente-coronel Hélder Barros.

Outras Notícias