Loulé

GNR perseguiu viatura espanhola que sofreu despiste em Boliqueime

GNR perseguiu viatura espanhola que sofreu despiste em Boliqueime

Uma aparatosa fuga à GNR terminou com um capotamento, esta quinta-feira, em Boliqueime, no concelho de Loulé. O condutor estava a ser perseguido por ter fugido ao controlo no posto de fronteira de Castro Marim.

O homem, de 34 anos, nacionalidade espanhola e cadastro por vários crimes, foi detido. O veículo, furtado em Espanha, estava a ser procurado desde que, a meio da manhã, entrou em Portugal, vindo de Ayamonte, Espanha.

Segundo o capitão Humberto Galego, do comando de Faro da GNR, "o condutor desrespeitou a ordem de paragem e fugiu, sem, no entanto, colocar em perigo os militares e os elementos do SEF que se encontravam no posto de fronteira". Nessa altura foi difundido o alerta e iniciada uma "caça ao homem".

A viatura foi localizada na zona de Albufeira, por volta das 16 horas, por militares da GNR numa viatura caracterizada. Apercebendo-se da presença da GNR, o condutor fugiu e foi perseguido.

Uma testemunha contou ao JN ter visto o carro em contramão e a galgar os pinos no meio da estrada. Acabou por despistar-se, embater numa parede e em chapas de zinco e capotar na estrada Nacional 125, na zona de Benfarras, Boliqueime.

O condutor ainda conseguiu sair da viatura e fugir a pé para uma zona de mato onde foi capturado pela GNR. Estava indocumentado, mas os militares conseguiram identificá-lo mais tarde.

No veículo, que foi inspecionado no local com o auxílio de uma equipa cinotécnica, "não foram encontradas substâncias ilícitas", acrescenta o oficial da GNR. Ainda assim, foi removido e apreendido para ser sujeito a uma peritagem.

PUB

O detido irá permanecer nas instalações da GNR em Albufeira até ser presente ao Tribunal de Loulé para aplicação das medidas de coação pelos crimes de furto de veículo e condução perigosa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG