Exclusivo

Governo mantém exames presenciais para candidatos à magistratura

Governo mantém exames presenciais para candidatos à magistratura

Candidatos reclamam adiamento de provas de acesso à magistratura. Primeiro teste será a 13 de fevereiro.

Os candidatos ao curso de formação de magistrados do Centro de Estudos Judiciários (CEJ) estão revoltados por terem de realizar exames presenciais "na pior fase da pandemia". A primeira prova é já dia 13 de fevereiro e os alunos consideram que, dada a conjuntura sanitária, não é seguro concentrar centenas de pessoas para uma prova de três horas de duração.

O Ministério da Justiça explicou ao JN que é impossível adiar as provas, pois isso punha em causa a realização de dois momentos de seleção anuais como manda a lei. Porém, garante que serão tomadas todas as medidas para garantir a segurança dos candidatos. Estes desconfiam.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG