Exclusivo

"Há aqui muita gente que está a chorar pelo Hugo"

"Há aqui muita gente que está a chorar pelo Hugo"

Jovem de Gaia morreu após ter sido agredido à porta de uma discoteca em Famalicão.

"Era um jovem muito sossegado e sorridente. Abria-nos a porta para passarmos ou ajudava a levar as compras se nos via muito carregadas. Conhecia-o desde os oito anos e ainda custa a acreditar que morreu. Há muita gente aqui a chorar por ele", contou, comovida, uma vizinha de Hugo Ribeiro, o jovem de Vilar do Paraíso, Gaia, que morreu, ontem de manhã, após ter sido agredido junto a uma discoteca, em Famalicão, na madrugada do passado domingo.

Hugo Ribeiro, com 21 anos, ex-jogador de futebol do Vilanovense FC, encontrava-se desde então em coma, no Hospital de Braga, com ferimentos em todo o corpo, mas em especial na cabeça, que terá sido atingida com uma pedra.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG