Exclusivo

Há mais dois juízes da Relação de Lisboa suspeitos de crime

Há mais dois juízes da Relação de Lisboa suspeitos de crime

Operação Lex acusou três desembargadores, mas deixou de fora Orlando Nascimento e Rui Gonçalves, que estão a ser investigados.

Há mais dois juízes desembargadores da Relação de Lisboa que são suspeitos de atividade criminosa, além dos três que acabam de ser acusados pelo Ministério Público (MP) na Operação Lex. O anterior presidente do tribunal, Orlando Nascimento, e Rui Gonçalves livraram-se da acusação - ao contrário de Rui Rangel, Fátima Galante e Luís Vaz das Neves -, mas foram autores de acórdãos relevantes para a mesma e estão a ser investigados em novos inquéritos.

O recente despacho de acusação do MP do Supremo Tribunal de Justiça confirma que Orlando Nascimento foi o relator da decisão que condenou o jornal "Correio da Manhã" a pagar uma indemnização de 50 mil euros ao juiz desembargador Rui Rangel, cabecilha da Operação Lex, aqui acusado de 21 crimes. E Rui Gonçalves foi quem absolveu o empresário José Veiga de um crime de fraude fiscal e outro de branqueamento de capitais, no processo relativo à transferência do futebolista João Vieira Pinto do Benfica para o Sporting.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG