Violência

Homem agride professores e auxiliares de escola em Valença

Homem agride professores e auxiliares de escola em Valença

Dois professores e dois auxiliares da Escola Básica, 2,3 de Valença apresentaram, esta quinta-feira, no posto da GNR local queixa por agressão contra o pai de uma aluna.

Segundo fonte do Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo, os factos terão ocorrido, cerca das 15.25 horas, uma hora antes das denúncias, no exterior do estabelecimento de ensino.

O homem terá ido à escola "pedir satisfações" por alegadamente a sua filha ter sido agredida no dia anterior por um funcionário. De acordo com a mesma fonte da GNR a aluna terá estado no Centro de Saúde de Valença, na quarta-feira, após a suposta agressão.

Ontem, o pai esperou à porta da escola e acabou por agredir fisicamente dois auxiliares e professores. As vítimas sofreram ferimentos ligeiros, sendo que duas delas foram assistidas também no Centro de Saúde local.

A GNR tomou conta da ocorrência. O Jornal de Notícias tentou, sem êxito, contactar a direção do Agrupamento de Escolas Muralhas do Minho, ao qual pertence o estabelecimento onde ocorreu a alegada agressão.

Outros Artigos Recomendados