Porto

Homem alcoolizado detido por ameaçar balear taxista e polícias

Homem alcoolizado detido por ameaçar balear taxista e polícias

Taxista assustado largou passageiro violento em frente a esquadra da PSP do Porto. Indivíduo estava na posse de revólver municiado.

Um homem foi detido na tarde deste sábado, por ter ameaçado com uma arma o taxista que o transportava. O indivíduo, que aparentava estar sob efeito de álcool e drogas, também ameaçou os polícias da esquadra da Corujeira, no Porto, que, após revista, encontraram um revólver na sua posse. A arma, contudo, nunca foi disparada.

Tudo começou a poucos minutos das 16 horas, quando o sujeito apanhou um táxi na urbanização Vila d'Este, em Vila Nova de Gaia, e pediu para ser transportado à cidade do Porto. Porém, durante a viagem, o passageiro começou a insultar o condutor e, logo depois, garantiu que tinha uma arma e prometeu usá-la. Assustado, o taxista acionou o alarme da viatura, levando a PSP a acionar uma viatura para ir em socorro da vítima. Os dois carros nunca se chegaram a encontrar, porque o taxista rapidamente se deslocou em direção à esquadra da Corujeira, onde largou o passageiro alterado e desapareceu sem rasto e sem dar qualquer explicação aos polícias.

À porta da esquadra, o indivíduo foi, então, abordado pelos agentes que ali se encontravam e voltou a reagir com insultos e ameaças, o que fez com que fosse, de imediato, detido. A revista que se seguiu permitiu aos polícias perceber que o homem estava na posse de um revólver municiado com seis balas.

No entanto, os agentes da PSP só perceberam o enredo de toda a história quando contactaram o taxista e este explicou, pela primeira vez, o que tinha sucedido e foi, uma hora após os acontecimentos, apresentar queixa por injúria e ameaça noutra esquadra da PSP.