O Jogo ao Vivo

PJ

Homem burlava amigos com falsas oportunidades de negócio

Homem burlava amigos com falsas oportunidades de negócio

Um homem de 37 anos foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) por ter, alegadamente, burlado mais de uma dezena de amigos com falsas oportunidades de negócio na área do imobiliário e dos carros topo de gama. Terá arrecadado quase 500 mil euros com o esquema.

"O suspeito divulgava a falsa notícia, junto de amigos, de que conhecia pessoas responsáveis em diversas entidades, desde leiloeiras a instituições de crédito, e que, por isso, tinha conhecimento privilegiado de boas oportunidades de negócio, nomeadamente a venda, em leilão, de viaturas de alta cilindrada praticamente novas, ou de imóveis penhorados, por preços inferiores aos valores de mercado", explica esta sexta-feira, em comunicado, a PJ.

"Para dar credibilidade ao embuste", o homem "alegava que para garantir os negócios os tinham de pagar antecipadamente, em numerário e por intermédio dele, os preços dos bens", de modo a que os seus contactos supostamente "privilegiados" não fossem comprometidos.

Mais tarde, justificaria a demora na entrega das casas e dos carros com "atrasos normais decorrentes da própria tramitação dos negócios". Os compradores adiariam então a participação das situações às autoridades, por ficarem na expectativa de ainda poderem receber os bens adquiridos, o que nunca terá chegado a acontecer.

De acordo com a PJ, os factos ocorreram a partir de 2017 e envolveram "já mais de uma dezena de lesados", que terão entregado ao suspeito, no total, quase 500 mil euros. Uma parte deste montante foi já apreendida.

O homem, detido através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo da PJ, ficou sujeito a prisão preventiva, fortemente indiciado pela prática de vários crimes de burla qualificada.

Outras Notícias