Amadora

Homem detido com quatro identificações estava a cumprir pena com uma delas

Homem detido com quatro identificações estava a cumprir pena com uma delas

A PSP deteve, na Amadora, um homem, de 37 anos, que apresentava quatro identificações diferentes e tinha processos-crime em todas elas. Chegou a cumprir pena de prisão, tendo sido libertado no âmbito das medidas do covid-19.

A detenção ocorreu durante uma fiscalização rodoviária, quando os agentes reconheceram o indivíduo como sendo o homem que, há cerca de um mês, havia fugido a uma abordagem policial, tendo abalroado um viatura policial durante a perseguição. Na altura, apenas os ocupantes do carro foram detidos por tráfico de droga.

Quando foi abordado, mostrou um documento de identificação mas o nome não coincidia com aquele que os agentes conheciam e e que correspondia a um Título de Residência.

Após algumas diligências, os agentes concluíram que o homem apresentava quatro identificações diferentes, "todas com o mesmo último nome, data de nascimento e morada, mas com ligeiras variações no segundo nome", refere a PSP.

Em todas as identificações o detido estava associado a processos-crime (tráfico de droga, condução sem carta, condução perigosa, furto e ofensas à integridade física) nas várias identificações, suspeitando-se que o mesmo recorria a esta estratégia para evitar ser julgado por todos os crimes cometidos.

De acordo com a PSP, "existem ainda diversos pedidos de notificações para comparência em Tribunal, e mesmo um mandado de detenção para prestar Termo de Identidade e Residência. O detido já estaria, inclusivamente, a cumprir pena sob uma das identidades, tendo sido libertado em março devido às medidas excecionais motivadas pela situação de pandemia".

Outras Notícias