Batalha

Homem detido por suspeita de agredir companheira durante 18 anos

Homem detido por suspeita de agredir companheira durante 18 anos

Um homem de 59 anos, suspeito de violência doméstica sobre a companheira, de 49 anos, foi detido pela GNR no concelho da Batalha, distrito de Leiria.

Em comunicado, a GNR adianta que a detenção, feita através de militares do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas, ocorreu na quinta-feira, na sequência de uma investigação na qual se apurou que o arguido "infligiu maus-tratos verbais, físicos, psicológicos e ameaças de morte, durante a relação de 18 anos que manteve com a vítima".

"O agressor persistiu em infligir à vítima maus-tratos verbais e psicológicos, sujeitando-a inclusive a manter relações sexuais contra a sua vontade, deixando-a numa situação de subjugação total", explica o Comando Territorial de Leiria da GNR.

Ainda no decurso da investigação, a GNR averiguou que o suspeito "humilhava reiteradamente a vítima, controlando totalmente a sua vida, não permitindo que esta exercesse qualquer atividade profissional, que efetuasse compras sozinha, mantendo-a na sua dependência económica".

Ao arguido, com antecedentes criminais por ilícitos da mesma natureza e a quem foi apreendida uma arma de fogo sem documentação válida, foram aplicadas as medidas de coação de proibição de contactar com a vítima por qualquer forma ou meio e afastamento da sua residência, acrescenta o comunicado.

À Lusa, o capitão André Gonçalves explicou que a investigação foi desencadeada após queixa da vítima, este mês, no Posto Territorial de Porto de Mós, concelho onde o casal vivia.

"Face à situação da vítima, foi solicitado apoio a entidades de cariz social para a eventualidade de ser necessário", acrescentou.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG