Crime

Matam homem em loja de Sintra, roubam-lhe as chaves e assaltam a casa

Matam homem em loja de Sintra, roubam-lhe as chaves e assaltam a casa

Um homem foi assassinado durante um assalto, na quinta-feira à noite, na loja que explorava em Mem Martins, Sintra.

Sayis Abbas, 37 anos, foi assaltado e estrangulado até à morte, ao início da noite de quinta-feira, na loja que explorava no número 33 da Rua Almada Negreiros, em Mem Martins, Sintra, quando se preparava para a fechar. Estava a falar com a mulher ao telefone quando, ao ver os assaltantes, lhe terá dito que tinha de desligar. Não voltou a atender as chamadas da mulher.

Segundo o que o JN apurou, os assaltantes obrigaram-no a dizer a morada de casa e pediram-lhe as chaves antes de o matarem. Depois foram a casa do homem paquistanês, onde se encontrava a mulher e as duas filhas, de dois e quatro anos, e roubaram ainda 200 euros, peças de ouro e o telemóvel para esta não conseguir ligar logo à polícia, segundo um amigo da família.

Junto à loja, esta manhã de sexta-feira, o ambiente era de consternação e " muito medo". Moradores e vizinhos lamentavam a morte de "um homem muito bom e que ajudava todos". "Deixava-nos pagar a prestações ou no próximo mês", contou um vizinho que morava no andar em cima da loja. "Não me apercebi de nada, estou chocado e com medo", lamentou.

Na loja câmbios que Sayis Abbas explorava, no Shopping Sol, vendiam-se bilhetes de avião e produtos de mercearia, faziam-se envios de dinheiro para outros países e pagavam-se faturas de água e luz, sendo muito procurada pelos moradores.

Muitos bateram com o nariz na porta esta manhã. "Ajudava todos, cheguei aqui agora de manhã e encontrei isto, nem dá para acreditar".

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG