Azambuja

Homem mata a mulher e suicida-se após discussão

Homem mata a mulher e suicida-se após discussão

Casal estava em processo de separação e o crime ocorreu na casa dos pais da vítima.

Carlos Sousa, de 59 anos, matou a tiro a mulher, Marta Figueiredo, de 42, e, a seguir, suicidou-se, este domingo à tarde, em Casais de Amendoeira, no concelho da Azambuja.

O casal estava em processo de divórcio e o assassinato ocorreu na casa dos pais da mulher, onde foi buscar alguns pertences, por volta das 18 horas. Pais de três meninas, de 19, 15 e 3 anos, o homicídio chocou a localidade.

Ao JN, vários populares garantiram que Carlos "não era uma pessoa de violência" mas acharam estranho o seu comportamento, durante a tarde. "Antes da tragédia, o Carlos, que tinha a alcunha de "Comprido", por ser muito alto, foi beber uma mini ao café. Vi que estava muito tenso e não falou com ninguém".

Serralheiro de profissão, dirigiu-se à casa dos sogros e disparou vários tiros de uma caçadeira, que utilizava frequentemente quando ia caçar, e matou a mulher, funcionária de um supermercado. A seguir, pegou no carro e, dois quilómetros à frente, utilizou a mesma arma para por termo à vida.

Além das filhas, fruto do seu casamento com Marta, tinha outra filha, com 24 anos, de outra relação.

"Ele era um homem muito pacato, não sei como isto foi acontecer, e ela também era muito tranquila. Devia ter pensado nas filhas antes de matar a mulher", disse, ao nosso jornal, outro popular.

No local, estiveram três viaturas da GNR e duas ambulâncias do INEM. A Polícia Judiciária esteve, igualmente, na casa, onde fez perícias.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG