Maus tratos

Homem mata gato a tiro e é denunciado por populares no Barreiro

Homem mata gato a tiro e é denunciado por populares no Barreiro

Populares denunciaram à GNR um homem que matou a tiro um gato na sua propriedade em Vila Chã, Barreiro, e no local, os militares encontraram várias armas ilegais que o suspeito tinha em casa, das quais duas espingardas de pressão de ar transformadas para calibre 8 mm e uma mira telescópica.

O caso ocorreu esta terça-feira e o homem de 48 anos foi detido por detenção de arma proibida e identificado po crime agravado de maus tratos a animais. O cadáver do gato, que se encontrava num terreno baldio, foi levado pelos militares do SEPNA para a Faculdade Veterinária de Lisboa para ser alvo de necrópsia.

Só este exame permitirá confirmar que o tiro que matou o animal foi disparado de uma das armas do suspeito e se tal se comprovar, o mesmo será constituído arguido pelo crime de maus tratos a animais de companhia agravado.

Na casa do suspeito, os militares do Núcleo de Investigação Criminal do Montijo e Posto Territorial de Santo António da Charneca apreenderam duas espingardas pressão de ar de calibre 4,5mm, duas espingardas pressão de ar transformadas para calibre 8mm, uma pistola de alarme calibre 8mm, 19 munições, duas caixas com chumbos e uma mira telescópica.

Outros Artigos Recomendados