Tribunal

Homem que matou sogro em Gaia fica em prisão preventiva

Homem que matou sogro em Gaia fica em prisão preventiva

O Tribunal de Instrução Criminal do Porto decidiu, na tarde desta quinta-feira, colocar em prisão preventiva, o homem, de 52 anos, que matou o sogro à facada e à pedrada, esta quarta-feira, em Serzedo, Vila Nova de Gaia.

De acordo com informações recolhidas pelo JN, os dois homens mantinham graves desentendimentos há vários anos e o suspeito já teria a intenção de matar o sogro, de 82 anos.

Nesse contexto de quezílias constantes, o sogro desligou a corrente elétrica da habitação do genro, para quem o gesto foi "a gota de água". O mais velho saiu do local e só regressou à tarde. Mas o genro estava à espera dele e mal chegou começou a agredi-lo.

Munido de uma faca, o genro golpeou várias vezes a vítima e apanhou uma pedra de grandes dimensões, para lhe dar um golpe final, na cabeça.

O crime ocorreu próximo da Estrada da Rainha, na localidade de Serzedo, para onde foi chamada a GNR de Canelas, supostamente apenas para travar agressões entre um genro e um sogro. Foram logo para o local.

Mas quando a GNR chegou, uma equipa do INEM já estava a assistir a vítima, de 82 anos, que acabou por morrer.

Foi chamada a Polícia Judiciária do Porto, que deteve o indivíduo e o levou, esta quinta-feira, para o Tribunal. Foi entretanto, conduzido para o Estabelecimento Prisional do Porto.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG