Crime

Homicida condenado por extorsão foi detido em megaoperação da PSP

Homicida condenado por extorsão foi detido em megaoperação da PSP

Paulo Baptista é um dos cinco detidos no âmbito da operação Scorpion, realizada nesta sexta-feira. Todos foram apanhados na posse de armas usadas em assaltos, tráfico de droga, segurança privada e extorsão de empresários da noite

A megaoperação levada a cabo, nesta sexta-feira, pelo Departamento de Armos e Explosivos da PSP permitiu a detenção de quatro homens e uma mulher. Já com antecedentes criminais, todos se dedicavam à prática de furtos, tráfico de droga, extorsão e segurança privada e foram apanhados na posse de oito armas de fogo adquiridas no mercado negro. Também foi apreendido meio quilo de cocaína.

Um dos detidos na Operação Scorpion é Paulo Baptista, que saiu da prisão em 2019, depois de ter cumprido pena na sequência de condenações nos casos "Passerelle", que envolveu fuga ao fisco por parte de casas de striptease, e "Máfia da Noite", no qual mais de uma dezena de pessoas foi condenada por extorquir e obrigar os donos de estabelecimentos de diversão noturna de Lisboa a contratar serviços de segurança. Paulo Baptista também matou um homem, a murro, quando era segurança de uma discoteca em Ibiza, para onde fugiu para escapar à prisão.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG