Setúbal

Homicida de jovem em Almada tem cadastro por roubo e continua em fuga

Homicida de jovem em Almada tem cadastro por roubo e continua em fuga

A Polícia Judiciária de Setúbal continua a tentar localizar o homicida de Cristiano, 18 anos, à facada, na quinta-feira, junto a uma paragem de metro em Almada. O suspeito tem alta envergadura, mais de 1,90 metros, 18 anos, e tem antecedentes criminais por roubos.

O crime deu-se às 16.30 horas na Rua Conceição Sameiro Antunes, junto à entrada da cidade pela autoestrada A2 e foi motivado por provocações entre o homicida e o grupo de três amigos onde estava a vítima, Cristiano. Em causa divergências antigas entre agressor e vítima relacionadas com antigas companheiras.

PUB

O suspeito encontrava-se sozinho na paragem do metro à espera do transporte quando se cruzou com o grupo de três amigos. Conhecem-se todos, residem na mesma zona do Laranjeiro e após uma troca de insultos, o homicida exibiu a faca que levava com ele e esfaqueou por duas vezes Cristiano. Um golpe atingiu a vítima na zona abdominal e o segundo o pulão, enquanto tentava fugir.

Quem assistiu diz que foi tudo muito rápido. Cristiano cambaleou alguns metros até cair prostrado na estrada. Os seus amigos tentaram ajudar, foram buscar toalhas ao restaurante Estrela Azul, a poucos metros, para tentar estancar a hemorragia, mas sem sucesso.

O INEM de Almada chegou pouco tempo depois mas o óbito foi declarado no local. A Polícia Judiciária de Setúbal está a investigar o caso e continua a tentar localizar o suspeito, que permanece a monte. Os inspetores questionaram os dois amigos da vítima que identificaram o suspeito.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG