Premium

Hoteleiros ameaçam levar taxa turística de Guimarães ao Constitucional

Hoteleiros ameaçam levar taxa turística de Guimarães ao Constitucional

A Câmara de Guimarães aprovou a taxa municipal turística a aplicar às dormidas no concelho. A tributação de 1,50 euros por noite vai vigorar apenas na época alta e com várias isenções (ver ao lado), mas está a gerar um coro de críticas e os hoteleiros ameaçam levar o novo imposto ao Tribunal Constitucional.

A proposta aprovada na reunião da Câmara de Guimarães teve seis votos favoráveis dos vereadores do PS e cinco votos contra dos vereadores da coligação PSD/CDS. De um lado, o Executivo justifica a taxa com a necessidade de reforçar a promoção de Guimarães lá fora. Do outro, a Oposição entende que é preciso aumentar o período de permanência, e não o seu contrário, pois a ocupação está abaixo da média nacional.

"Acredito que não é a aplicação da taxa turística que irá fazer com que a motivação do turista mude", disse Sofia Ferreira, vereadora do Turismo, no final da reunião.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG