Exclusivo

Igreja de Braga investiga queixas de abusos sexuais sobre menores

Igreja de Braga investiga queixas de abusos sexuais sobre menores

Uma das denúncias visa um importante elemento da Cúria Diocesana e outra um pároco entretanto falecido.

A Comissão de Proteção de Menores e Pessoas Vulneráveis da arquidiocese de Braga, uma das primeiras a ser criadas em Portugal, já recebeu duas queixas por alegados abusos sexuais por parte de dois elementos do Clero, revelou ao JN o bispo auxiliar, D. Nuno Almeida. O JN apurou que uma das queixas em fase de investigação visa um sacerdote que até há pouco tempo exercia funções num importante órgão da Cúria Diocesana. A outra refere-se a denúncias de alegadas situações de abuso cometidas por um pároco que já morreu há alguns anos, pelo que deve ser arquivada.

Estas queixas são recentes e surgiram no âmbito da comissão de proteção de menores criada no final do ano passado na arquidiocese, em sintonia com as orientações do Papa e da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), que tinha fixado junho como data limite para a constituição destas comissões em todas as dioceses.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG